Quem era Timóteo?

teologia-fundo-laranja-2

Quem era Timóteo?Timóteo é um nome grego que significa “que adora a Deus”. Ele foi um exemplo de um jovem cristão dedicado e consciente de suas condições e atribuições.

Família de Timóteo

Não se sabe muito sobre a família de Timóteo. Sua mãe chamava-se Eunice. Era “uma judia crente”. (2 Timóteo 1.5; Atos 16.1) Seu pai era grego. (Atos 16.1,3) A Bíblia também fala de uma avó sua, Lóide, também crente e possivelmente mãe de Eunice.

Timóteo tornou-se íntimo amigo do apóstolo Paulo. Como e quando se conheceram não se sabe. É possível, entretanto, que tenha sido quando da primeira viagem missionária de Paulo na cidade de Listra (Licaônia). Timóteo devia ser um jovem de uns catorze a quinze anos. Paulo se apegou muito a ele, pois, tempos mais tarde, escreveu inconsolado: “Todas as vezes que lembro de você nas minhas orações, de dia e de noite, lembro das suas lágrimas e quero muito ver você outra vez para que eu possa ficar cheio de alegria.” (2 Timóteo 1.3,4)

Infância de Timóteo

Por que o apóstolo Paulo apegou-se ao jovem Timóteo? Muitas podem ser as causas, porém uma é certa: ” Desde menino, você conhece as Escrituras Sagradas…” (2 Timóteo 3.15) O costume judaico determinava que os pais dessem início ao treinamento religioso sério de seus filhos quando completavam cinco anos.

Foi o caso de Timóteo. Como nesta época o Novo Testamento ainda não estava composto, como o conhecemos hoje, é natural e lógico que “sagradas letras” se referem aos escritos do Antigo Testamento. Portanto, Paulo viu naquele jovem alguém que, de certa maneira, se identificava, sintonizava com ele, isto é, ambos tinham fé no mesmo Deus.

Muitos de nós, jovens, também conhecemos, desde pequenos, a Palavra de Deus. Provavelmente nascemos numa família cristã. Nossos pais, irmãos, parentes são cristãos. Outros de nós chegaram a conhecer a palavra de Deus mais tarde, por conversão. Agora, porém, a fé – e não importa quando começou – é uma só. Nosso Deus é um só. Nosso Salvador é um só. Nossa esperança é uma só. Por isso, é necessário perguntar: Nós nos identificamos nesta mesma fé?

Estamos unidos, afinados, estabelecidos nesta mesma fé? Lutamos de mãos dadas, por esta mesma fé? Pode outra pessoa encontrar em cada um de nós a sua própria fé refletida, identificada?.

Paulo viu no jovem Timóteo alguém com a mesma fé e, por isso, considerou-o um amigo, um irmão. É importante e necessário que o mesmo aconteça conosco, jovens. Que, de mãos dadas, louvemos e trabalhemos, lutemos por aquele que é a razão primeira e última de nossa fé: o Deus Triúno; e que, em qualquer lugar e com qualquer cristão, a fé seja uma só, verdadeira, afinada, caracterizando a comunhão dos “eleitos de Deus”.

Bom testemunho

Em sua segunda viagem missionária, o apóstolo Paulo convidou Timóteo para ser o seu companheiro na sublime e suprema tarefa de pregar o evangelho da salvação. (Atos 16.3) Naquele momento, Timóteo já devia ter uns vinte anos, pois haviam se passado cerca de cinco anos desde que Paulo conhecera Timóteo e a sua família. Timóteo tornou-se um cristão ativo, piedoso, fortalecendo dia após dia a sua fé, adorando Deus. Agora, a fé comum de ambos iria se unir para o trabalho no reino de Deus. Paulo não teve dúvidas em contar com a ajuda, o apoio e a presença fiel de Timóteo, pois “Todos os irmãos que moravam em Listra e Icônio falavam bem de Timóteo.” (Atos 16.2)

Bom testemunho.  O jovem Timóteo deixou a luz de sua fé brilhar. Tanto que não só uma ou duas pessoas, mas as igrejas de duas cidades, Icônio e Listra, distantes cerca de 30 quilômetros, davam bom testemunho dele.

Bom testemunho.   E de nós, jovens, da nossa fé, da nossa vida cristã, alguém dá bom teste­munho? Todas as pessoas que nos conhecem podem dizer: “Este é um verdadeiro jovem cristão, que vai à igreja, à união juvenil e por onde anda e onde quer que esteja, reflete que é sal e luz para o mundo”?

A luz da fé de Timóteo também deveria brilhar sempre. Foi por isso que o seu amigo e irmão na fé, Paulo, o animou: “…continue firme nas verdades que aprendeu e em que creu de todo o coração. E, desde menino, você conhece as Escrituras Sagradas, as quais lhe podem dar sabedoria que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus.” (2 Timóteo 3.14,15)

O mesmo vale para cada um de nós, jovens.    Permanecer nas “sagradas letras” que um dia aprendemos. Permanecer na luz que Cristo nos dá e que precisa ser espalhada. Permanecer na unidade de fé.   Praticar a unidade de fé. Convocar outros para a unidade de fé. Assim como Timóteo, o jovem que foi fiel desde a sua infância.

Quem era Timóteo?
2.5 (50%) 4 votes

Receba Estudos Bíblicos Grátis 

Coloque Seu Email no Formulário

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!