Teologia! Por que Devo Estudar?

teologia-fundo-laranja-2

Graça e paz caros leitores, vamos tratar neste artigo sobre a teologia. O que é Teologia? Qual propósito da Teologia? Por que devo estudar Teologia? Entre outras perguntas. Não será possível uma reflexão maior do assunto, devido envolver muitos aspectos, tais como: Tipos de Teologias? O que é teologia sistemática, Teologia Libertação, Teologia da Prosperidade, entre outras.

Vamos neste artigo a importância da Teologia da Igreja, na qual ensina os fundamentos básicos e avançados da Igreja como um todo, seu inicio, seu propósito, principais colaboradores da criação da Igreja de Cristo ou do Cristianismo.

Teologia! Por que Devo Estudar

O que é Teologia?

Definir a palavra ou fundamento da Teologia não é uma das tarefas mais fácil, pois se trata de um assunto que tem sido debatido tanto por católicos e protestantes, e pela própria ciência filosófica, e as definições são as mais diferentes possíveis, cada um defende o que prega, porém vamos a definição da palavra em si.

Teologia é se trata da atividade de estudar Deus e sua divindade, assim como sua relação com o mundo e com os homens. Do grego “theos” (Deus, termo usado no mundo antigo para nominar seres com poderes além da capacidade humana) + “logos” (palavra que revela), por extensão “logia” (estudo).

Embora o termo mais usado por professores sobre Teologia é “A Doutrina de Deus”, neste caso podemos definir também que essa Teologia se trata da Sistemática, na qual estudamos a existência de Deus, levando-nos a provar que Deus realmente existe.

Entendendo: Deus, se partirmos da admissão de que a Teologia é o conhecimento sistematizado de quem é Deus, por meio de quem, e para quem são todas as coisas. Em vez de surpreender-nos de que a dogmática começa com a Doutrina de Deus, bem poderíamos esperar que fosse completamente um estudo de Deus, em todas as suas ramificações do começo ao fim.

Resumo rápido que a Teologia nos dá sobre Deus:

A existência de Deus na Escritura

Não há na Escritura sequer um versículo que procure provar a existência de Deus. Ela não se preocupa em apresentar argumentos lógicos e racionais em favor de sua existência. No entanto, nada é mais evidente na Bíblia do que o fato de Deus existe. Desde a primeira à última página da Escritura, ele é apresentado como um ser real, vivo, verdadeiro, infinito e perfeito. Por isso, não é preciso apresentar argumentos racionais que provem sua existência. Além disso, apropria criação, a existência do universo e do homem, são testemunhos da existência de Deus, pois “os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia as obras das suas mãos” (SI 19.1).

Não devemos nos esquecer, também, de que a Bíblia nos ensina que a grande prova da existência de Deus não é fruto da razão lógica, mas do relacionamento com ele através da fé – Sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e se torna galardoador do que o buscam (Hb 11.6). Deus se revela ao seu povo por meio de um relacionamento pessoal com ele que é desfrutado por meio da fé.

Desta forma, aqueles que se relacionam com ele no contexto da aliança da graça, não têm qualquer dúvida de sua existência, nem mesmo de sua ação graciosa em seu favor. Mesmo Cristo, cuja missão era revelar o Pai de forma clara e plena, não se preocupou em apresentar provas racionais da existência de Deus, apenas procurou apresentar as suas perfeições infinitas. Sendo assim, não há forma mais segura de termos plena certeza de que Deus existe do que pertencermos à sua família – O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. (Romanos 8.16). Àqueles que já se renderam a Cristo em arrependimento e fé o Espírito Santo testemunha e confirma, não apenas que Deus existe, mas também que mantém com ele um relacionamento paternal.

A existência de Deus e a constituição humana

Todos os seres humanos, em todas as épocas e lugares, têm alguma ideia da existência de Deus. Mais adiante veremos que isso se aplica até mesmo àqueles que se dizem ateus, e procuram provar que Deus não existe.

Ora se não tivessem alguma noção da existência de Deus, por que e para que se esforçariam para negá-la? Ainda que não saibam formular um conceito claro a respeito de Deus, mesmo os povos mais primitivos têm ideia da existência de um ser.

A Bíblia nos apresenta razões que justificam esse fenômeno. Salomão diz que Deus pôs a eternidade no coração do homem (Ec 3.11) e Paulo diz que os gentios mostram a norma da lei gravada no seu coração (Rm 2.14, 15). O simples fato de termos sido criados à imagem e semelhança de Deus, isto é, termos sido feitos para nos relacionarmos com Deus, faz com que, desde o princípio da vida humana, ainda no ventre materno, o homem esteja estruturalmente preparado para isso. Calvino utiliza-se de dois conceitos para explicar essa idéia da Divindade que todas as pessoas possuem: “semente da religião” e “noção ou senso da divindade”.

  1. Semente da religião. Calvino diz que todos os seres humanos nascem com a semente da religião plantada em seu coração. Isso é resultado do fato de termos sido criados à imagem e semelhança de Deus. Como resultado dessa semente da religião, surge a religião natural. Essa religião é suficiente para revelar ao homem o poder, a divindade e a justiça de Deus (Romanos 1.18-34), mas não é suficiente para revelar a misericórdia e a graça de Deus, que dependem do exercício de sua vontade (Romanos 9.14-18).

Isso explica a existência de algum tipo de religião em todos os povos, ainda que primitivos, e, sobretudo, a prática de sacrifícios (de animais e de seres humanos) nestes, para aplacar a ira dos deuses. A religião natural é suficiente para provocar no homem o medo da justiça e da punição pelas usas imperfeições, mas pouco diz sobre graça e a misericórdia de Deus que providenciou justiça para o pecador.

  1. Moção ou senso da divindade. Ainda que, por causa do pecado que contamina a natureza humana, o homem não consiga se relacionar de forma harmoniosa com Deus, a ideia da existência de Deus e sua superioridade sobre tudo o que podemos ver e sentir estão fortemente plantada na alma humana. O texto de Atos 17.22-31 mostra que, embora os gregos ainda não tivessem a revelação especial de Deus, dada na Escritura, eles tinham a noção da existência da divindade, que se expressava através de sua religião politeísta.

Embora a noção da existência de Deus esteja manchada pelo pecado, e dirija o homem à idolatria, ao invés de dirigi-lo ao Deus verdadeiro, ela ainda encontra-se fortemente arraigada no coração humano.

Sendo assim, embora não possa ser provada por meio de argumentos lógicos e racionais, a existência de Deus é sempre pressuposta e admitida. A ideia que as pessoas têm acerca da natureza de Deus não é a mesma em todos os lugares, e se diverge mesmo entre duas pessoas; mas a ideia da existência de Deus é universal. Além da semente da religião e da noção da divindade, que são conceitos criados para explicar o ensino bíblico a respeito da crença universal na existência de Deus, há argumentos filosóficos que procuram explicar a existência de Deus sem fazer uso das informações bíblicas.

Temos também as negativas da existência de Deus, porém não vamos entrar neste assunto.

Qual propósito da Teologia?

Depois de entender um pouco sobre a Teologia, lembrando que tratamos o assunto de uma forma bem superficial, pois é um tema instigante e requer tempo e desejo daqueles que procuram aprender mais sobre Deus sua criação, divindade e fatores que comprovam ou não sua existência.

O proposito da Teologia e levar-nos ao desejo de compreender um pouco mais sobre aquele que nos criou, despertar o interesse nas culturas, fatos que comprovam como o cristianismo chegou até nós.

Como posso estudar Teologia?

Os grandes problemas de estudar este assunto a principio são dois: Tempo e dinheiro. Vivemos um tempo de correria, no qual tempo é dinheiro e tempo é o que nos falta. Uma faculdade graduada, que oferece este curso tem seus preços não muito acessíveis para alguns.

Faculdade como Mackenzie ou metodista, tem seus nomes no topo de procura quando o assunto é Teologia no Brasil, porém a realidade é outra, muitos não conseguem estudar nestas faculdades, muita boas por sinal.

Quero indicar um curso de Teologia da Universidade da Bíblia, o acesso e os valores que são oferecidos pela universidade da Bíblia, são acessíveis, porém não é apenas isso. Você pode estar se perguntado deve ser barato, mas será que o curso é bom? E te respondo o curso é ótimo, completo, explicativo, fácil, e fora todo o suporte que a universidade da Bíblia lhe é maravilhoso.

Vou deixar um link no qual você terá acesso a pagina da internet que a Universidade da Bíblia comercializa seus cursos. Clique aqui

Teologia! Por que Devo Estudar?
3 (60%) 2 votes

Receba Estudos Bíblicos Grátis 

Coloque Seu Email no Formulário

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!