A Escola chamada Deserto

Hoje estamos todos impactados com auto índices de bilheteria do filme produzido pela “Rede Record de Televisão”, Os Dez Mandamentos. O filme narra à história do povo hebreu que estava cativo no Egito, conta detalhes da vida de Moisés um dos maiores lideres da história bíblica.

Em meio toda a dramaturgia criada pela equipe que produziu o filme existe alguns detalhes deixados para traz, e que tem muito a nos ensinar.

Você já foi questionado (a) com a seguinte questão: “Que deserto é esse que você esta passando”? Ou já ouviu alguém dizer assim: “Esse irmão esta passando pelo deserto”! Essas palavras já se tornaram provérbios ditos pelo o povo evangélico.

Quero neste artigo mostrar para você passo a passo da caminha do povo no deserto, vamos analisar e aprender com as atitudes dos israelitas e com a providencia de Deus.

A Escola chamada Deserto

A Escola começa em Gozen

“Assim habitou Israel na terra do Egito, na terra de Gósen, e nela tomaram possessão, e frutificaram, e multiplicaram-se muito”. (Genesis 47.27)

Após José revelar o sono do Faraó com ajuda de Deus, o Faraó o colocou como Governador do Egito. Não vou contar essa história, pois conhecemos. Quando José trouxe toda sua família para o Egito, ele escolheu um dos melhores lugares daquela terra para servir de habitação para seus pais e irmãos.

José os levou para Gosen. No grego Gosen significa refugio e descanso, e foi ali o lugar de descanso dos filhos de Israel por muitos anos. Quando José morreu e em seguida também o Faraó que ele tinha ajudado, começa o sofrimento e a escravidão do povo.

O povo de Israel começou a se proliferar, a comunidade começou a crescer, então o novo faraó, com medo de uma rebelião desse povo começou a escraviza-los, Gosen que era um lugar de refugio e descanso começou a se tornar um lugar de tormenta e medo.

Tome muito cuidado, pois, o deserto dos descentes de Jacó começou no lugar aonde tinham alegria e fartura.

O povo vivia tranquilo, mas certo dia tudo mudou, a perseguição, o medo, a tribulação chegou até eles. Hoje você pode esta vivendo em alegria e gozo com sua família, porém fiquem em vigia todos os momentos, pois apenas um deslize seu, o medo e angustia pode entrar em sua casa.

A Escola do Deserto e suas etapas

Após a escravidão no Egito, Deus levanta Moisés para liderar o povo na caminhada até a Canaã.

Depois de toda a luta entre Moisés e o Faraó para libertar o povo do Egito, eles saem rumo a Canaã.

Os hebreus saem de Gosen, em busca de uma terra melhor, querendo novamente descanso e paz, porém após, caminha alguns dias se veem no meio de mais uma perseguição.

Já no deserto eles olham para traz e se deparam com o exercito de faraó, vindo em busca de vingança e guerra, olham para frente e se tem o grande mar vermelho. Creio que alguns pensaram é o nosso fim, vamos todos morrer, não temos para onde fugir. Mas o que Deus tem preparado para nós é maior do que pensamos ou imaginamos.

Conforme os egípcios se aproximam, o medo de perderem a vida toma conta do povo, a limitação imposta pelo mar os impede de fugir, mas nos momentos mais difíceis de nossas vidas é aonde o Espirito Santo começa operar.

A primeira lição que a escola do deserto nos ensina, é, confiar em Deus, não importam a circunstancia, os problemas, as dificuldades, creia que Deus esta com você.

Em uma ação inesperada o Espirito de Deus, fala com Moises, para que toque nas águas do mar com seu cajado, e sem pensar, ele toca no mar, e o inesperado acontece. As águas do mar se dividem ao meio, criando uma rua seca no meio do mar, para o povo passar e se salvar dos soldados egípcios.

O povo é salvo da morte. Deus hoje abre o mar que esta na sua em frente, as dificuldades lhe cegaram, impossibilitando de ver a glória de Deus em sua vida. Olhem e vejam Deus abrindo o mar, fazendo você triunfante em meio as perseguições.

Na Escola do Deserto, nem tudo que reluz é ouro

Depois de atravessar o mar vermelho e ver a glória de Deus, o povo segue sua caminhada, e a cede que o deserto causa leva alguns hebreus a reclamarem para Moisés.

Neste cenário de cede e calor, eles se deparam com um oásis, com muita água, em uma atitude impensável os hebreus correm em direção ao rio, para saciar sua cede, porém ao darem o primeiro gole, as águas que esperam ser doces e potáveis, eram amargas e sem condições para beber.

Muitos momentos em nossas vidas estarão com muita cede para solucionar nossos problemas, e passar por nossas dificuldades, com isso começamos a murmurar e reclamar das nossas dificuldades, então vê um oásis Espiritual, e corremos em direção em busca de refrigério, porém nos decepcionamos com as águas encontradas.

Corremos atrás de profetas e atalaias, vamos a várias igrejas em busca de solução para nossos problemas, mas quero lhe dizer algo o dono da benção é Deus, e Ele esta em todos os lugares, basta crer e clamar – Lo.

Com o povo não foi diferente, após a decepção das águas amargas, feio a frustação e voltaram a reclamar, com tinha um homem que era muito temente a Deus, este por sua vez clamou a Deus pelo povo, pedindo água potável.

Após o clamor de Moisés as águas amargar se tornaram doce, meus amados, hoje você esta no deserto e o maior aprendizado que você pode ter é confiar sempre me Deus.

Aprendemos muito com esse povo que foi escolhido por Deus, quero escrever outro artigo que vamos falar do Sinai até cades, e vamos continuar aprendendo com Deus.

3.3 (66.67%) 3 votes

Pesquisas que levaram a este artigo:

  • estudos sobre as dificuldades de Deus no deserto

Receba Estudos Bíblicos Grátis 

Coloque Seu Email no Formulário

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!