Como se motivar na Igreja? Sabedoria + Motivação = ?

teologia-fundo-laranja-2

Graça e paz caros leitores do nosso blog, depois de muito ser questionado sobre o assunto motivação resolvi escrever. Vamos falar sobre dois assuntos sabedoria e motivação e juntos entender como conseguir alcançar motivação na igreja.

Vivemos momentos nos quais as pessoas se preocupam mais com o problemas dos outros do que com a sua salvação, com isso acabam vendo sua vida e motivação sendo minada ou se acabar.

“Todos neste mundo devem ser sábios. Ter sabedoria é tão bom como receber uma herança. A sabedoria é melhor do que o dinheiro. A vantagem da sabedoria é que ela conserva a vida da gente.” Pv 7:11,12.

O que é Sabedoria?

R: Qualidade, caráter de quem ou do que é sábio.
R: Grande instrução; ciência, erudição, saber.

Sabedoria (do latim sapere – que tem sabor, gosto) – O equivalente em grego “sofia” (Σοφία) é o termo que equivale ao saber. No sentido vulgar, comum, a sabedoria é a qualidade que dá sensatez, prudência, moderação à pessoa, ao passo em que para a religião é o “conhecimento inspirado nas coisas divinas e humanas”.

Sabedoria do ponto de vista Histórico

A humanidade se interessa pela compreensão da sabedoria desde seus primórdios; já no Antigo Egito a sabedoria é citada em registros que datam de 3.000 a.C. e os gregos acreditavam que ela seria uma dádiva que os deuses concediam aos filósofos, para com ela poderem contemplar a verdade; em sendo o objeto em si do saber filosófico, ela é a virtude que leva os homens à busca do bem, da verdade, do belo.

A Bíblia é a fonte do saber divino: como está dito em Hebreus (1,3) que Deus é a origem de toda sabedoria, e no Eclesiastes (1,5): “Fonte de sabedoria é a palavra de Deus nos céus”; em sendo atributo divino, a sabedoria é portanto um objeto de estudo da teologia.
Seguimento do Espiritismo existe uma escala de 10 espíritos sendo o 10 impuro e 1 puro e no meio existe o da sabedoria.

O que Motivação?

1. Ato ou efeito de motivar.
2. Motivo, causa.

Motivação é um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos.
A motivação envolve fenômenos emocionais, biológicos e sociais e é um processo responsável por iniciar, direcionar e manter comportamentos relacionados com o cumprimento de objetivos.

Motivação é o que faz com que os indivíduos dêem o melhor de si, façam o possível para conquistar o que almejam, e muitas vezes, alguns acabam até mesmo “passando por cima” de outras pessoas.

A motivação é um elemento essencial para o desenvolvimento do ser humano. Sem motivação é muito mais difícil cumprir algumas tarefas. É muito importante ter motivação para estudar, para fazer exercício físico, para trabalhar, etc.

A motivação pode acontecer através de uma força interior, ou seja, cada pessoa tem a capacidade de se motivar ou desmotivar, também chamada de auto-motivação, ou motivação intrínseca. Há também a motivação extrínseca, que é aquela gerada pelo ambiente que a pessoa vive, o que ocorre na vida dela influencia em sua motivação.

Na área da psicologia, Maslow e McClelland criaram suas teorias para motivação.

Maslow disse que o homem se motiva quando suas necessidades são supridas, como a auto-realização, auto-estima, necessidades sociais, segurança e necessidades fisiológicas. Já McClelland, indicou três necessidades que são essenciais para a motivação: poder, afiliação e realização.

Exemplos de Sabedoria!

Podemos Classificar vários personagens bíblicos que foram munidos de inteligência e demonstraram sabedoria em suas escolhas e inteligência na sua vida, porém isso não significa que estes foram totalmente felizes em suas vidas.

Poderíamos citar vários exemplos de sabedoria e compreensão invejável, porém vamos nos ater a vida de Salomão, este considerado por muitos o homem mais sábio da mencionado na bíblia. Podemos examinar a sabedoria de Salomão lendo os 3 livros que ele escreveu: Cantares, Provérbios e Eclesiastes.

Interessante ressaltar que cada livro de Salomão revelam um momento ou fase de sua vida;
Cantares: Fase da Juventude, aonde ele começa a entender e vivenciar o amor, desenvolver a parte poética e escreve com coração. Neste livro ele mostra que a maior necessidade do homem para mulher é o amor. As crianças se desenvolvem melhor quando existe o amor, e vivemos em uma sociedade melhor quando demonstramos amor.

Provérbios: Destaca conselhos e praticas de sabedoria, o conhecimento e o temos a Deus. Há também advertências e conselhos que resultam em um bom relacionamento entre os homens. Provérbios é o livro da razão e vontade de Deus orientando o homem a ter um bom relacionamento com o próximo e Deus.

Eclesiastes: Corresponde a Terceira fase da vida do Rei Salomão. Podemos entender que este livro revela a velhice de Salomão, mostra-nos a realidade da vida de um homem que vivenciou e praticou varias filosofias de vida e chegando a conclusão que tudo se torna vaidade no final, leva-nos a refletir “Se a Vida valeu a Pena”.

Exemplos de Motivação!

Pedro mostra-nos o exemplo mais evidente de motivação, podemos analisar a vida desse homem e notar que não era munido de muita inteligência, porém sua motivação era evidente em suas atitudes, um ser que se deixava ser motivado e auto se motivava.

Olha essa situação: Matheus 16

“E, Simão Pedro respondeu: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”. Ao que Jesus lhe afirmou: “Abençoado és tu, Simão, filho de Jonas! Pois isso não foi revelado a ti por carne ou sangue, mas pelo meu Pai que está nos céus… 21 A partir daquele momento Jesus começou a explicar aos seus discípulos que era necessário que Ele fosse para Jerusalém e sofresse muitas injustiças nas mãos dos anciãos, dos chefes dos sacerdotes e dos escribas, para então ser morto e ressuscitar ao terceiro dia. 22 Pedro, porém, chamando-o à parte, começou a admoestá-lo, dizendo: “Deus seja gracioso contigo, Senhor! De modo algum isso jamais te acontecerá”. 23 E virando-se Jesus repreendeu a Pedro: “Para trás de mim, Satanás! Tu és uma pedra de tropeço, uma cilada para mim, pois tua atitude não reflete a Deus, mas, sim, os homens”.

Pedro motivado pelo ensinamento que apreendeu de Jesus, revela que Jesus é o messias e versículos depois o mesmo Pedro antes elogiado por Jesus agora e repreendido por ser usado por Satanás.

Exemplos Seculares de Motivação e Sabedoria!

O exemplo de Salomão tem o Famoso Steve Jobs, fundador e mentor da bilionária Apple. Um home dotado de muita inteligência e contagiava e influenciava muitas pessoas e da mesma forma que Salomão Steve viveu muito bem sua vida.

Podemos pegar o também bilionário Bill Gates fundador e dono da multinacional MicroSoft. Bill por sua vez não era munido de muita inteligência, porém era fantástico em motivação, de maneira repentina ele larga sua faculdade em Harvard no primeiro semestre em busca de se torna um empresário, porém não sabe por onde começar kkk.

Podemos pegar dois animais como símbolos de sabedoria e motivação “Gato e o Cachorro”.
Gato é um animal extremamente inteligente, calculista e frio. Cão motivado, bobo, nada inteligente.

Gato tem um instinto egoísta e intelectual, não se preocupa com os outros gatos e muito menos com seus donos, normalmente os gatos só aparecem quanto querer comer ou carinho, nunca buscam agradar seus donos.

Cão bicho bobo, cheio de energia e motivação e capaz de entregar a sua vida por seu dono, tem uma motivação fora de serie, busca em todo tempo estar próximo ou ao lado do seu dono, demonstrando afeto e carinho.

Qual o problema?

Podemos verificar que na vida Salomão existia muito sabedoria, que acabou levando ele a ter uma arrogância e por um tempo se achar autossuficiente, vivendo sua vida de maneira dissoluta e imprudente, podendo assim até perder sua salvação.

Aproveitando assim de todas as ofertas e vivendo de maneira intensa os desejos pecaminosos.
Com Steve Jobs não é muito diferente, antes do sucesso da Apple e faliu 4 empresas e colecionou um insucesso familiar e social muito grande, aproveitou toda sua riqueza vivendo e desfrutando de mulheres e festa.

Pedro devido a sua motivação excessiva coleciona decepções e frustrações, Bill Gates usou bem sua motivação, pois soube alinhar bem a conhecimento dos outros.

O gato não aproveita muita uma vida sociável e prazerosa devida sua preguiça e falta de motivação levando assim a ter sete vidas. O cão por sua vez motivado agradar sempre, acaba por sua vez se frustrando, porém tem um poder magnifico de perdão e de tentar novamente.

O grande problema, é que, não vemos essas pessoas unindo a motivação com a inteligência e nos dias de hoje não é muito diferente, quantos de nós vivemos mais pela razão e pouco pela emoção, ou muito emoção e pouco razão, e acabamos nos frustrando e nos decepcionando.

Precisa existir a União de Sabedoria e Motivação, Precisamos desenvolver a vontade depois o amor e amar são lutar brigar e viver por isso.

Deixe sua nota para este Artigo!

Receba Estudos Bíblicos Grátis 

Coloque Seu Email no Formulário

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!