Dons Espirituais

Aprenda a entender a Bíblia de Gênesis a Apocalipse, no conforto de seu lar, em seu computador, tablet ou celular e com um professor à sua disposição Clique AQUI para saber mais…

Permita-me "atrapalhar" sua leitura apenas por alguns segundos: No ano de 2018 você quer realmente aprender a Bíblia de capa a capa, de Gênesis a Apocalipse, capítulo po capítulo? Que tal você experimentar por 1 mês aprender comigo, através de vídeo-aulas, ai no conforto de seu lar, com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE GOSTOU DA IDEIA, clique aqui e veja como funciona (as vagas são limitadas)

Os Dons “são capacidades espirituais concedidas com o propósito de edificar a Igreja de Deus, por meio da instrução dos crentes e para ganhar novos convertidos”. Existem vários tipos de Dons Espirituais dados por Deus.

Alguns Dons se manifestam de forma natural, outros de forma sobrenatural. Vamos analisar apenas os sobrenaturais.

Dons Espirituais

Quais são os Dons Espirituais.

“Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo”. (I Co 12.4-6)

Lembrando que os Dons Espirituais são nove. Vamos analisar um de cada vez.

1 – Palavra de Sabedoria. “Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria”. (I CO 12.8). É pronunciamento ou declaração de sabedoria. “A Palavra de Sabedoria” é um fragmento da sabedoria divina sobrenaturalmente transmitida pelo Espirito Santo. Ele nos fornece a sabedoria imediata para que saibamos o que dizer ou fazer numa dada situação.

2 – Palavra de Conhecimento. “… e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;” (I CO 12.8b).É um pronunciamento ou declaração de fatos, inspirados de um modo sobrenatural. Uma Palavra de Conhecimento é um fragmento ou pequena parte do conhecimento de Deus que é dada a uma pessoa pelo Espirito Santo. Ela nos dá certos fatos e informações através de revelação sobrenatural do Espirito Santo. Essas informações eram anteriormente desconhecidas pela pessoa, e o conhecimento delas não poderia ter sido obtido de nenhuma forma natural. Ele é transmitido sobrenaturalmente.

3 – Discernimento de espíritos. “… e a outro o dom de discernir os espíritos;” (I CO 12.10b). Esse dom concede capacidade à pessoa para distinguir se é o Espirito de Deus que esta atuando, ou o espirito maligno, ou própria pessoa. Através deste dom somos capacitados a discernir algumas ações, ensinamentos incorretos circunstâncias. Esse, na opinião desse Escritor seria o Dom que todos os crentes deveriam ter.

4 – Fé. “E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé;” (I CO 12.9a). É um poder extraordinário de confiança no Senhor, capacitando para se valer dos recursos do poder divino. É um alto grau de fé, no poder e na misericórdia, mediante a qual até mesmo os milagres podem ser operados.

5 – Dons de Curar. “e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;” (I CO 12.9b). Produz a cura de doenças e males físicos, psicológicos e espiritais. Ocorre quando as pessoas são usadas por Deus de maneira sobrenatural para dar saúde aos enfermos por meio da oração, em conformidade com a vontade e soberania dEle.

6 – Milagres. “E a outro a operação de maravilhas”. (I CO 12.10a). Um milagre acontece quando Deus intervém no curso da natureza. O Dom de Operação de Milagres acontece quando Deus nos capacita com poder pelo Espirito Santo a fazermos algo completamente fora do campo das habilidades humanas. Ele nos dá isto numa ocasião especifica para um propósito especial. Todos os Dons do Espirito são miraculosos, mas o uso da palavra milagre, neste caso, se refere atos de poder. Outras palavras são usadas para designar esse dom: Maravilhas, sinais e prodígios.

7 – Profecia. “… e a outro a profecia”. (I CO 12.10). Devemos tomar muito cuidado com esse Dom, pois tem sido usado de maneira errada e absurda por alguns homens e mulheres. No Artigo Você acredita em Apóstolos e Profetas?, você terá uma ideia da forma errada de usar esse Dom.

Vamos analisar alguns aspectos positivos deste Dom;

  • Não contradirá a Bíblia Sagrada (João16. 13-14) “Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir”.
  • Sempre exaltará a Jesus Cristo (João 15.26) “Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim”.
  • Seu propósito é edificar, exortar, confortar, instruir, consolar (I CO 14.3-4) “Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação”.
  • Se tiver aspecto de predição, este virá a se cumprir. Este foi um principio ensinado desde o Antigo Testamento e que permanece até os dias de atuais (At 11.27-28). “E naqueles dias desceram profetas de Jerusalém para Antioquia. E, levantando-se um deles, por nome Ágabo, dava a entender pelo Espírito, que haveria uma grande fome em todo o mundo, e isso aconteceu no tempo de Cláudio César”.
  • Não devemos consultara pessoa que está sendo usada com esse Dom, as orarmos a Deus e esperarmos respostas que virá das várias maneiras que Ele desejar (Tiago 1.5,17), pois, quando Deus quer falar, ninguém o impede (Is 43.10). “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada”.
  • As profecias devem ser julgadas, conforme os princípios Bíblicos acima citados, (I CO 14.29), “E falem dois ou três profetas, e os outros julguem”, mas não desprezadas (I Ts 5.20) “Não desprezeis as profecias”.

8 – Variedade de Línguas (I CO 12.10; 14.2) “… e a outro a variedade de línguas”. O Dom de Línguas é a capacidade de falar sobrenaturalmente em uma língua nunca aprendida por quem fala, sendo desconhecida também aos ouvintes. Seu propósito: para a edificação pessoal (I CO 14.4) “O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja”. Também serve como sinal, do Batismo no Espirito Santo. (Mc 16.17) “E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas”.

9 – Interpretação de línguas (I CO 12.10) “… e a outro a interpretação das línguas”. O proposito desse dom é tomar compreensíveis as línguas estranhas, trazendo pronunciamento de Deus para edificação da Igreja.

Os Dons Espirituais são dados para equipar a igreja assim de que ela desenvolva seu ministério até que Cristo volte. Todos os Dons Espirituais tem seus propósitos;

Testemunhar da Salvação; Confirmar a Palavra através dos sinais e Edificar.

Dons Espirituais
5 (100%) 1 vote
Mais conhecimento da Bíblia em menos tempo? Não sei se você é uma dessas pessoas que tem dificuldades de entender a Bíblia. Eu já fui e sofri muito! Mas não me dei por vencido, não me deixei ser derrotado pelos inimigos. E você, como anda sua leitura da Bíblia? Seu entendimento? Que tal melhorar nessa área da sua vida espiritual, aprendendo a entender assuntos da Bíblia de forma simples e rápida, ajudado por quem já superou as mesmas dificuldades que você enfrenta? Clique aqui agora e pegue um Manual de estudos exclusivo para você!

Junta-se a Mais de 1450 Irmãos em Cristo e Receba Nossos Artigos Em seu E-mail

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!