Terrorismo na França. O que a Bíblia Diz?

Estamos todos atônicos com os últimos acontecimentos na França, o terror que tomou conta desse país nos últimos dias, pessoas mortas de maneira desleal, humilhante e inesperada, a vida sendo tirada como se fosse um lixo sem utilidade sendo jogado fora, famílias abatidas pela perca inexplicável de entes queridos que não voltaram para casa, um país em estado de alerta, devido ameaças de mais terror e mortes, pessoas desesperadas sem saber o que fazer.

Nesse cenário de caos e desordem, encontramos alguns detalhes que nos orietam, com base nas escrituras sagradas vamos analisar os fatos ocorridos e tentar encaixa-los dentro da palavra de Deus, será que existe algo que podemos analisar serem proféticos quanto os acontecimentos em Paris.

Podemos ver em todas as redes sócias pessoas publicando versículos bíblicos, fazendo referencia a situação e os fatos envolvendo a França, porém quais as verdades contidas nesses versículos com relação ao incidente no país europeu? E os atos terroristas contra capital Francesa de cumprimento profético?

Versão do Artigo Terrorismo na França. O que a Bíblia Diz? em Vídeo

Vamos levantar primeiro alguns fatos históricos e tentar entender porque o Estado Islâmico (EL) assume a responsabilidade pelos atos de terror? Quais as motivações deste povo intitulado “Os mensageiros de Ala” (Deus).

Terrorismo na França. O que a Bíblia Diz

Fatos que motivaram Estado Islâmico.

Como é de conhecimento de muitos, há alguns meses atrás a França havia sofrido outro atentado terrorista pelo mesmo Estado Islâmico (EL), aonde pelo menos 12 pessoas morreram e 11 ficaram feridas em um tiroteio em Paris. O crime aconteceu no escritório do jornal satírico “Charlie Hebdo”, que já havia sido alvo de um ataque no passado após publicar uma caricatura do profeta Maomé. Segundo fontes policiais, os autores do ataque portavam rifles Kalashnikov e gritavam “Vingamos o Profeta!”, em referência a Maomé, alvo de uma charge publicada há alguns anos pelo jornal, o que provocou revolta no mundo muçulmano e principal motivo para esse atentado terrorista.

Embora passado cerca de 10 meses desde último ato de terror, fomos abalados pelo os últimos acontecimentos, neste caso o EL procurava matar o presidente da França, como vingança aos ataques feitos pela França no mês de setembro, na síria em busca de atacar fontes do El.

Temos alguns motivos que incentivou ao EL causar tanto sofrimento a França, embora vários outros motivos não exposto neste artigo, são especulados;  Crise Europeia, conflito políticos, guerra civil, etc.

É interessante ressaltar alguns detalhes históricos, no ano 1759 a França começa sua tão sonhada revolução francesa, um detalhe muito importante dentro deste acontecimento era a proibição de cultos cristãos e a instituição do culto a, razão essa que a França no âmbito religioso nunca teve certeza, pois se trata de um pais que dentro da sua revolução perseguiu cristão e a palavra de Deus cerca de 3 anos, da mesma forma que o EL faz com cristãos hoje.

Será isso então um castigo de Deus para um povo liderado desde século passado por lideres nem um pouco religiosos? Não! Deus não é um Deus vingativo, apenas lembra que cada um terá seu juízo no dia final.

O que mais me preocupa foi o pronunciamento feito por lideres do EL após os atentados: “Oito irmãos com explosivos na cintura e fuzis fizeram vítimas em lugares escolhidos previamente e que foram escolhidos minunciosamente no coração de Paris, no estádio da França, na hora do jogo dos dois países França e Alemanha, que eram assistidos pelo imbecil François Hollande, o Bataclan onde se estavam reunidos centenas de idolatras em uma festa de perversidade assim como outros alvos no 10º arrondissement e isso tudo simultaneamente. Paris tremeu sob seus pés e as ruas se tornaram estreitas para eles. O resultado é de no mínimo 200 mortos e muitos mais feridos. A gloria e mérito pertencem a Alá”, diz o comunicado.”

O comunicado do grupo afirma ainda que a França e os que seguem o seu caminho devem saber que eles são os principais alvos do Estado Islâmico e que continuarão a “sentir o odor da morte por ter colocado a cabeça na cruzada, ter ousado insultar nosso profeta, se vangloriar de combater o islamismo na França e atingir os muçulmanos na terra do califa com seus aviões”. “Esse ataque é só o começo da tempestade e um alerta para aqueles que quiserem meditar e tirar lições.”

França tenta vetar o crescimento do Islamismo no seu país, algo mencionado pelos lideres do EL. Isso pode sim ter um ponto profético dentro das escrituras sagradas.

Estudos informam que o islamismo será a religião com o maior crescimento mundial nas próximas quatro décadas e, se a atual tendência se mantiver, se aproximará muito do cristianismo em número de fiéis em 2050. A informação foi revelada pelo Centro Pew em um novo estudo publicado sobre as projeções para o crescimento das populações religiosas nas próximas quatro décadas.

O relatório intitulado “O futuro das religiões do mundo: População e Projeções de Crescimento 2010-2050” constatou que em 2050 o número de cristãos irá girar em torno de 2,9 bilhões de pessoas, enquanto os muçulmanos, com um aumento percentual muito maior, chegarão a 2,8 bilhões. Atualmente existem 1,6 bilhão de muçulmanos em todo o planeta, enquanto os cristãos somam 2,17 bilhões de seguidores.

Com o crescimento do Islamismo no mundo os cristão cada vez mais serão perseguidos, não existem no momento outra perseguição que possa ser considerada como essa, pois os próprios lideres do EL afirmam matar quem tentar impedir esse crescimento.

No Alcorão do EL tem uma passagem em Surata 9ª Verso 29; Combatei aqueles que não creem em Deus e no Dia do Juízo Final, nem abstêm do que Deus e Seu Mensageiro proibiram, e nem professam a verdadeira religião daqueles que receberam o Livro, até que sejam humilhados, paguem o Jizya.

Esta religião que diz serem enviados por Deus, tem trazido muito sofrimento e tristeza para nosso planeta, e creio que é só o começo para uma grande expansão de seus preceitos e mandamentos em busca de um mundo fanático e sólido.

Fazem tudo em nome de Deus, colocando o motivo e causa de tanta perseguição nos mandamentos mal interpretados por seus lideres. Confesso que nunca havia lido o alcorão, mais quando comecei a ler fiquei aterrorizado, com as conclusões feitas aos cristãos neste livro, chamando todos que creem em Jesus e no novo testamento, de pessoas infiéis e dignas de mortes.

Eles concluem que todos cristãos não importam sua denominação serão mortos e castigados por ALA, o livro da revelação dos muçulmanos é um verdadeiro filme de terror para os cristãos.

Cabe a todos nós nesse momento lermos a palavra de Deus e guarda seus mandamentos, pois; “Buscai ao Senhor, enquanto se pode achar, invocai-o, enquanto está perto.” Isaías 55:6.

Terrorismo na França. O que a Bíblia Diz?
5 (100%) 1 vote

Receba Estudos Bíblicos Grátis 

Coloque Seu Email no Formulário

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!